ORGANIZAÇÃO

Suzy Capó

Foi jornalista e produtora cultural, a mulher que abriu os olhos da mídia e da indústria audiovisual brasileira para teMátIca da diversidade das manIfestações da sexualidade. Inserindo no país uma abordagem mais intelectual e criativa sobre ternas até então tabus, como a homossexualidade e demais questões relacionadas aos gêneros e práticas sexuais. Formada em jornalismo pela Universidade de Brasília com mestrado em Teoria de Cinema e Performance na New York University, seu pontapé inicial nessa seara aconteceu no início dos anos 1990, quando trabalhou na curadoria do The Kitchen, instituição cultural de NY com um dos mais importantes acervos de videos dos Estados Unidos. Seu primeiro passo foi curadora convidada do Mix New York, que deu origem ao Festival Mix Brasil, evento do qual era co-fundadora. Foi ela que em 1994, conceituou a sigla GLS, usada para descrever gays, lésbicas e simpatizantes, rapidamente adotada e disseminada em todo o país. Depois de atuar como presidente da Associação Cultural Mix Brasil entre 2003 e 2007 como diretora artística do evento até 2009, ela fundou o Festival Filmes, distribuidora de filmes de nicho. E assim, Suzy Capo inovou mais uma vez ao lançar o primeiro e único selo de distribuição de produções com temática LGBT no país. A rica trajetória profissional de Suzy traz uma vasta lista de ações, seja como curadora, jurada ou produtora de festivais de cinema no Brasil e no exterior, em que destacam-se; Queer Zagreb at Kino Europa, Hamburg Metropolis Kino, Mix Milano at Teatro Strehler di Milano; AluCine — Toronto Latin Media Festival, Q! Film Festival em Jakarta e Bali; Festival Internacional de Cinema de Berlin, Mix Milano, OutFest Los Angeles, Llamale H Montevidéu; Frameline — San Francisco Int'l Lesbian & Gay Film Festival: Festival Internacional de Curtas-Metragens de São Paulo (KinoForum), Festival Mix Brasil de Cinema da Diversidade Sexual, Pom Festival: RIO Internacional Film Festival.

Marcelo D'Avilla

Diretor, produtor executivo, performer e coreógrafo. Atualmente dirige com Thiago Roberto a FANJO, produtora responsável por conteúdos de borda e produções independentes de assuntos da comunidade LGBT e Queer. O artista produz e dirige o Festival PopPorn, com foco em sexualidade e pornografia e também a sex-positive-party "DANDO". Junto de Marcelo Denny dirige o Teatro da PombaGira, seus mais recentes trabalhos como diretor e performer em teatro performativo são "Demønios", "Anatomia do Fauno" e a performance "Sombra"; além das recentes vídeo artes "Pele Digital" e "A Fome da Carne". Recentemente foi um dos artistas brasileiros na 19º Quadrienal de Praga, onde levou sua performance "Narciso" para o evento. Em paralelo o artista já colaborou com Desvio Coletivo, Coletivo Pi, Adriana Calcanhotto, Criolo, UK Latin America Conference, Hemispheric Institute, Contemporary Performance e UK Morning Star.

 

Mayanna Rodrigues

Mayanna Rodrigues, produtora de eventos, atriz e diretora pornô, atua no mercado pornográfico desde 2005. É performer burlesca e fetichista, integrante do coletivo The Burlesque Takeover. Atriz da XPlastic desde 2009, ganhou em 2015 o prêmio de melhor atriz LGBT pelo filme "Jujubas". Dirigi e atua para o Fetishboxxx. Participou da Erotika Fair entre os anos 2008 e 2016 e da Erotika Exxxperience em 2017 como performer e expositora. Já participou de vários programas de TV, sendo o mais recente o Conversa com Bial, da Globo. Performer do festival PopPorn desde a sua segunda edição. Em seu currículo de festivais e eventos conta com: Brasília Burlesque Festival (DF), Tiradentes em Cena(MG), Festival Randevu(PoA), YES Nós Temos Burlesco! e DDK Erotika(RJ), Anhangabau Pra Felizcidade, Festival Baixo Centro, Virada Cultural, SP na Rua, Feira das Vaidades, Supernova, dentre outros em SP. Também ministra workshops de striptease e sexualidade e participa ativamente de palestras, podcasts e debates sobre pornografia e erotismo. Atualmente trabalha como produtora geral da agência de eventos Mareh Music, produzindo também os eventos do MECA pelo Brasil. Está em uma fase de mudança de personna e atualmente se identifica como NOX, que está em processo de criação.

Tino Monetti

Tino Monetti, brasileiro vivendo em Denver, é jornalista, diretor e consultor criativo, produtor, curador, designer de comunicação e programador. Ele tem trabalhado com cinema, arte e música nos últimos 15 anos. Depois de morar na Argentina e de trabalhar nos principais jornais e revistas do Brasil, como a Folha de S.Paulo, vem desenvolvendo diversos projetos com grandes entidades culturais e artistas nacionais. Curador de filmes no PopPorn, foi diretor de comunicação de Caetano Veloso (vencedor do Grammy e indicado ao Oscar), head do Félix Awards (o prêmio LGBTQ+ do Festival do Rio) e colaborador da VICE Brasil. Criador do TRAFFIC Festival, do D.Sex Festival, do #ModerNus zine, do projeto qölör e da galeria de arte NOZ, Tino se concentra atualmente em sua própria agência de conteúdo e comunicação, Codex Uqbar. Ele, que também trabalhou no passado em projetos com Queen Latifah, Spike Lee e Vincent Cassel, agora cuida da comunicação e desenvolve projetos com artistas brasileiros e latinos como Criolo (Revista CRIOLO, Espiral de Ilusão), Milton Nascimento, Arthur Verocai, Mano Brown, Balako, Cidrais e Federico Leites. Ele também desenvolveu a campanha de lançamento de um livro de histórias interativo chamado “Horatio In The Wind” na Flórida, EUA. Mais recentemente, foi o diretor criativo do projeto Etérea, de Criolo, e fez a seleção de filmes da 9a edição do festival PopPorn9. Atualmente estuda direção criativa para mídias digitais na UAL - University of the Arts London, em Londres, Reino Unido.

Ledah Martins

Na cena desde 2007, atualmente é uma das principais produtoras da Casa 1, centro de cultura e acolhimento LGBT, onde ainda atua com aconselhamento e treinamento. Além de DJ residente da festa oficial do Festival PopPorn, é responsável pela curadoria artística e musical do aclamada PopPornParty. Deixou as portas das festas, onde era hostess, para assumir as pick-ups em festas descoladas na The Week, Clube A Lôca, Bofetada e outras. Produziu a pioneira Festa Black Pop que trouxe o black music, R&B e o twerk para as pistas predominantemente pop de São Paulo, atualmente divide sua agenda entre Yacht Club, Lions, Espaço Desmanche, Blue Space, além das diversas festas pelo Brasil.

 

Thiago Roberto

Thiago Roberto transita entre a moda, a arte e a noite, interiorano de 28 anos escolheu a capital para construir sua carreira, militante das pautas de direitos e saúde da população LGBT junto com Marcelo D’Avilla criou a Fanjo, produtora de serviços e conteúdos de borda. É o co-criador e atual curador da Festa Dando, evento realizado em São Paulo e com visibilidade internacional. No PopPorn está desde 2012 atuando nas Relações Públicas.

 

Vera Vasquez

Bacharela em fotografia pelo Senac, membra da organização do festival Popporn desde 2012 e mestranda em Humanidades, Direitos e Outras Legitimidades (FFLCH/USP). Trabalha com fotografia, audiovisual, e pesquisa pornografia e pós-pornô.

SEXLOG

O Sexlog.com é a maior rede social de sexo e swing do Brasil, com mais de 10 milhões de usuários cadastrados. São milhares de fotos e vídeos reais publicados por dia, todos com conteúdo amador. Trocas de mensagens, convites para encontros e divulgação de eventos também fazem parte da rede, que visa proporcionar prazer para pessoas solteiras e casadas que buscam novidades na cama.

AGRADECIMENTOS ESPECIAIS 2019

MARQUESA CHANDRAKANT - SWEETIE BIRD - DELIRIOUS FENIX - COISA ROXA - ZEZÉ ARAÚJO - RODRIGO URBANO - YURI RIOS - LUCAS VILLAR (LOUKAS) - MURILO ALVESSO - CALIN NISTOR - PEJOTA FERNANDES - FELIPE RAMIREZ - LUSCOFUSC - IARA BATISTA - PRISCILLA TOSCANO - T ANGEL - NICOLE PUZZI - NEGO CATRA